ASSEMBLÉIA DE DEUS DA FORMOSA COMPLETOU 81 ANOS

               Olá meus queridos irmãos e amigos da palavra de Deus, é com grande satisfação que mais vez estamos juntos, e desta vez, trazendo um acontecimento histórico, acredito inusitado, porque remonta a história de um dos templos mais antigos da Assembléia de Deus no Estado de Alagoas. Tenho certeza, de que vocês que me acompanham apreciarão esses acontecimentos do passado, que na atualidade representa para todos nós, motivo de alegria. Que a Paz de nosso Senhor Jesus Cristo repouse sobre os vossos corações. 

 

 

 

       O atual templo da  Rua Formosa,  é referência  de um povo que há 81  anos reconhece a Jesus como único  Salvador de suas almas. 

 

                A História da Assembléia de Deus na Rua Formosa, atualmente Avenida Silvestre Péricles, nº 1536, é rica em detalhes iniciando a partir do ponto em que assinala a Assembléia de Deus na Formosa como a terceira instalada no Estado de Alagoas, ou seja, 19 anos após terem sido inaugurados os templos no Trapiche da Barra, o primeiro do Estado, pelo Missionário Otto Nelson, que também inaugurou a Sede, no bairro do Farol, mais precisamente, o segundo de sua administração pastoral, na atual Avenida Moreira e Silva 409, durante sua permanência no Estado de alagoas.
               E por assim dizer, a história da Assembléia de Deus Formosa tem início nos anos 30, na casa da irmã Jandira que residia na Rua Formosa. Entretanto, a história da Assembléia de Deus Formosa, como todos a conhecemos é baseada em testemunhas que chamaríamos de remanescentes ainda entre nós as quais suscitam fatos interessantes que vale a pena recordar. Com a finalidade de dar conclusão a este comentário, acompanhamos o presbítero Gonçalves para uma visita especial a um dos mais antigos irmãos da comunidade cristã – Assembléia de Deus -, o nosso irmão Antonio Minervino. Ele, esposo da irmã Carmem – irmã Do Carmo -, (in memórian), ela fez parte do Coral Celeste no Farol, e lecionou por muitos anos na Escola Dominical na igreja Formosa. Eles são pais da professora Carmen e Lila por todos nós conhecidas.
               Antonio Minervino narra com muita precisão os fatos que marcaram a igreja Formosa assim: “Em 1930 morava nessa casa, que hoje é a igreja, o Sr. Antonio Buarque. Era uma casa de taipa do mesmo estilo da casa vizinha do lado esquerdo do templo atual. Essa casa do lado esquerdo do templo atual, ainda preserva seu aspecto geral de estrutura, embora de taipa, o que era naquela época.” No quintal segundo Antonio Minervino, “Havia alguns banheiros que apesar de não serem públicos, atendiam as pessoas no banho por um preço de um tostão – moeda circulante na época -. Havia também uma dependência onde eu morava e trabalhava em minha carpintaria.”
               Procuramos mais informações a fim de completar o histórico da Igreja Formosa, e conversamos com a irmã Abigail, mãe de Albene, Josué e Daniel Fernandes. A irmã Abigail lembra com bastante lucidez e conta que: “Em 1940 chegou à Maceió com seus pais. Ele, Manoel Constantino, pregador do evangelho pela Confissão Batista, oriundo do povoado de Tatuamunha em Porto de Pedras (Alagoas), cultuávamos ao Senhor na casa da irmã Jandira, na Rua Formosa. Ali meu pai e minha mãe pregavam o evangelho, ajudando o Pastor José Gomes, auxiliar do Pastor Antonio Rego Barros.” Isto significa dizer que, a família Buarque, Minervino e Constantino, representa para nós hoje, um passado histórico e vivo entre nós, para a glória de Deus.
                A HISTÓRIA DO    TEMPLO
                                                                                                    

      Este é o primeiro templo que deu lugar a antiga casa de taipa do Pr. Antonio Buarque. A foto marca  o 26º aniversário,  dia 12 de outubro de  1976 . Portanto,  26 anos de construido na Rua Formosa. Os irmãos da época pousando  para a foto.

                Continuando ainda com o irmão Antonio Minervino, suas palavras dão conta de que: “a referida casa foi comprada pelo Senhor Antonio Buarque. No ano de 1941, Antonio Buarque Cavalcante aceitou a Jesus como seu Salvador e decidiu que a sala de sua casa  seria  ocupada pelos crentes para a pregação do evangelho. Ele com sua família foram morar na casa vizinha, ainda existente como recordação de um passado distante, para ampliar o espaço o que daria melhor acomodação para os irmãos.” Continua Antonio Minervino: “Aquela casa se tornou pequena para reunir o povo de Deus que afluía ao local que já era chamado de Congregação.” Ele diz que residiu naquela casa por bastante tempo, depois que o irmão Antonio Buarque foi morar na casa vizinha. Em 1943, quando Antonio Buarque se transferiu para Palmeira dos Índios, o Pastor Antonio Rego Barros, Presidente da Assembléia de Deus em Alagoas, pediu que Minervino fizesse dois oitões da citada casa, abrindo em seguida, todo o vão da casa ampliando assim aquele espaço interno para dar lugar à Casa de Oração. Antonio Minervino nos conta que a pedido do Pastor Barros, serviu na condição de pedreiro, e carpinteiro. Foi ele quem fez os primeiros bancos e o púlpito daquela igreja, que na linguagem do povo de Deus convencionou – se chamar – Igreja Formosa. Foi Minervino que deu àquela antiga casa a fachada com o nome “Assembléia de Deus”, um estilo que até o momento é conhecido por nós.
               Essa antiga congregação foi demolida na década de 50, para dar início à construção do primeiro templo de alvenaria – tijolos -, cuja foto revela a sua suntuosidade para a época, que é  prova dessa história vendo-se os irmãos pousando para a foto em comemoração do 26º Aniversário desse Templo, no dia 12 de outubro de 1976.              

                                                     

 

        A foto  que marca a   reforma do templo,    destaca a presença do Pr. José Antonio dos Santo, ladeado pelo Pr. Eliezer de Almeida, o autor da reforma do templo, época em que era o  dirigente da Congregação, e o irmão Abílio Fernandes,(in memorian), entre outros irmãos.

       

 

               No ano de 1978, o Pastor Eliezer Almeida então dirigente da Congregação, reformou o templo ampliando o espaço interno, construindo inclusive a galeria e outras modificações internas. A reinauguração contou com a participação do Pastor José Antonio dos Santos que, com os irmãos da época descerrou a fita inaugura, dando por aberto ao público e ao povo de Deus, o templo no qual estamos nos reunindo atualmente. O templo completou neste ano de 2011, o seu longo período de existência, 81 anos  abrigando o povo de Deus na Rua Formosa. Alegremo-nos, pois, e exaltemos ao Senhor nosso Deus, por estarmos integrados a esse povo de Deus, fazendo parte de sua história. Até aqui nos tem ajudado o Senhor  (1 Samuel 7.12).
(CONTINUA NA PRÓXIMA EDIÇÃO). Pr. Osvaldo A. de Oliveira – Jornalista 1318  SRTE/AL

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: